O prazo para sacar os valores disponíveis nas contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) termina amanhã. Segundo a Caixa Econômica Federal, o dinheiro que não for retirado volta para a conta vinculada do empregado.

Nessa última etapa, o saque está liberado para todos os trabalhadores que têm direito ao benefício, não importa a data de nascimento. Pode fazer o saque quem teve contrato de trabalho encerrado sem justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Mas quem perder o prazo, só poderá usar os recursos nos casos previstos anteriormente, como para a compra da casa própria, aposentadoria, em caso de demissão sem justa causa, quando a conta permanecer sem depósitos por três anos ou no caso de algumas doenças.

No entanto, quem comprovar que estava impossibilitado de sacar no período estabelecido pelo governo, como no caso de presos e portadores de doenças graves, poderá retirar o recurso até o dia 31 de dezembro de 2018.

Segundo a Caixa, o decreto publicado pelo governo nessa semana prevendo essa questão será regulamentado amanhã, e vai definir as normas técnicas para os casos das exceções.  Até o dia 20 de julho, foram pagos mais de R$ 43 bilhões, para 25,37 milhões de trabalhadores.

 


 

O presidente Michel Temer convidou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para jantar no Palácio do Jaburu, neste sábado (29). O gesto foi para “afagar” o tucano e apoiar a “retomada do protagonismo” do mineiro à frente do grupo de tucanos que defende o governo. De acordo com a colunista Andréia Sadi, do G1, o encontro também foi um amaneira de manter o PSDB na base do governo. Aécio é um dos principais defensores, entre os membros do PSDB, da permanência do partido na base de Temer. O senador foi delatado por Joesley Batista e enfrenta resistência e pressão no PSDB para deixar em definitivo o comando do partido. Temer defende que Aécio continue à frente do PSDB, mas o presidente interino, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), é a favor do desembarque. Também participaram do jantar os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Bruno Araújo (Cidades). Opresidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi convidado, mas não compareceu. Aécio foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de justiça. Aécio foi gravado por Joesley em conversa pedindo R$ 2 milhões para, supostamente, pagar um advogado para defendê-lo na Operação Lava Jato.

Fonte: BN


 

A mesa que custou exatos R$ 7.600,00 reais aos cofres do município será usada, segundo a própria prefeita, para suprir as necessidades do seu gabinete. Constituída em tampo de granito e gaveteiros, o móvel foi comprado através da empresa “Mercado do Marmorista”, da cidade de Vitória da Conquista.

Em uma rápida comparação com um produto similar ao adquirido pela prefeitura de Itamari, constatamos que a mesma mesa é encontrada em várias lojas por valores bem abaixo do que foi pago pela prefeita.

No final de junho a prefeita havia publicada um decreto tomando medidas de contenção de despesas e diminuição de gastos.

 

Fonte: Diário Paralelo


 

O Palácio do Planalto instalou no gabinete do presidente Michel Temer um aparelho conhecido como “misturador de voz”, que embaralha o conteúdo de uma conversa gravada por celular ou outro tipo de aparelho eletrônico.

Para o leitor do Blog entender: o aparelho emite uma frequência sonora que danifica as vozes gravadas na conversa. Quem tenta ouvir a gravação, percebe somente um chiado e não consegue entender o que foi dito.

Outras unidades do misturador também foram instaladas nos gabinetes dos ministros.

A decisão de instalar o aparelho foi tomada em razão de o presidente ter sido gravado pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, no Palácio do Jaburu (residência oficial da Vice-presidência).

No ano passado, também houve a suspeita de que Temer foi gravado no gabinete pelo então ministro da Cultura, Marcelo Calero. O ex-ministro admitiu somente ter gravado uma conversa telefônica com o presidente.

Quem entra no gabinete presidencial, é obrigado a deixar o celular do lado de fora, justamente para evitar algum tipo de gravação. Mas, diante dos últimos episódios, a segurança foi reforçada.

Em tempo: um parlamentar que usa aparelho auditivo entrou no gabinete de Temer e reclamou muito de um ruído sonoro. O presidente não soube explicar ao aliado a origem do barulho. Só depois Temer foi alertado que o “misturador de voz” provoca interferência também em aparelhos para audição.

 

Fonte: G1


 

O Ministério Público do Estado (MP) denunciou três pessoas por suposta fraude nas cotas raciais  do concurso da Agerba, cujo resultado foi divulgado em março. Segundo a denúncia, eles foram aprovados para as vagas destinadas a pessoas que se autodeclaram negras, contudo sem preencherem os requisitos. A acusação levou o governo da Bahia a instaurar também processo investigativo para apurar a veracidade da informação fornecida pelos três candidatos, que não tiveram os nomes revelados. Nos próximos dias, serão convocados a comprovar presencialmente a condição de cotistas.  O não comparecimento, nesses casos, implica em reconhecimento da fraude.

Duas lupas
No âmbito do governo, a apuração será conduzida pelas secretarias estaduais da Administração e de Promoção da Igualdade Racial, além da Agerba, agência que regula serviços públicos de energia, transportes e comunicações. No total, o certame  disponibilizou 60 vagas, sendo 12 para cotas raciais. Se comprovada a falsidade, os candidatos serão excluídos do concurso.

Pacote completo
Com o anúncio do governador Rui Costa (PT) de que fará mudanças no secretariado, o PR vai reivindicar a pasta de Turismo com porteira  fechada. O partido já tem a secretaria e quer retomar o comando da Bahiatursa, hoje chefiada por Diogo Medrado, filho do deputado federal Marcos Medrado, que recentemente trocou o PR pelo Podemos. Com a mudança, a cúpula do PR entende que tem direito a apresentar outro nome para o órgão e,  por consequência, indicações para cargos. Na bolsa de apostas, são tidas como certas as saídas do secretário de Cultura, Jorge Portugal, e da Educação, Walter Pinheiro, que anunciou o desejo de voltar ao Congresso antes de outubro para concluir o mandato de senador.


Pelo menos 547 crianças do famoso coral católico alemão de Regensburger foram vítimas de maus-tratos, incluindo abuso sexual, cometidos entre 1945 e o início dos anos 1990 – aponta um informe da investigação publicado nesta terça-feira (18).

Cerca de 500 menores do coral dos Regensburger Domspatzen sofreram maus-tratos físicos, e outros 67, violência sexual, incluindo estupro, declarou Ulrich Weber, advogado encarregado pela Igreja de esclarecer esse caso que veio à tona em 2010.

Os membros do coral oficial dessa diocese são conhecidos como os “Pardais da Catedral de Regensburger”.

Esses números são amplamente superiores aos publicados em janeiro de 2016, quando um relatório intermediário havia apontado 231 vítimas. Em fevereiro de 2015, as autoridades católicas locais reconheceram apenas 72 vítimas.

Os fatos revelados incluem delitos e crimes que vão do estupro à privação de alimentos, passando por espancamentos e agressões sexuais.

A maioria dos casos prescreveu, porém, e os 49 autores identificados no relatório não serão processados. Em contrapartida, cada vítima deverá receber 20.000 euros de indenização.

As vítimas descreveram sua passagem por este coro milenar e mundialmente conhecido como “uma prisão, um inferno e um campo de concentração”, ou ainda, como “o pior momento de sua vida, marcado pelo medo, pela violência e pelo sofrimento”, segundo Weber.

O caso diz respeito, em particular, aos maus-tratos ocorridos no período em que o irmão do papa Bento XVI, Dom Georg Ratzinger, dirigiu o coral de jovens cantores, entre 1964 e 1994.

Monsenhor Georg Ratzinger, que agora tem 93 anos de idade, assegura que não tinha conhecimento dos abusos sexuais cometidos neste coro fundado na Idade Média, em 975.

De acordo com Weber, porém, o irmão do papa emérito estava ciente dos crimes e preferiu “fechar os olhos”.

Fonte: G1


 

O vereador do Município de Itamari, Dino Lisboa (PR), líder da oposição na Câmara de Vereadores e conhecido por diversos projetos de lei, indicações e denúncias já realizadas na Câmara de Vereadores. É considerado, aos 32 anos, um dos nomes mais fortes e atuantes da politica itamariense do primeiro semestre de 2017 da bancada de vereadores do Município.

O jovem prodígio ganhou destaque após suas diversas atuações, dentre elas algumas que se que em tão pouco tempo, consideradas de grande serviço prestado ao povo itamariense.

Destemido e ousado, no último dia 7 de Junho, o vereador foi autor de uma “recomendação” oficial ao Chefe do Executivo do Município, onde o mesmo recomenda que a Prefeita comprove a sua residência na cidade, sob pena de perder o mandato. Além de outras indicações, denuncias e intensivas visitas à comunidade.

O resultado destes dados foi constatado após uma pesquisa realizada pelo aplicativo Whatsaapp, onde a maioria absoluta indicou o nome de Dino, como o mais atuante. O publico alvo da enquete foram os jovens de 16 a 25 anos.


Foto: Ascom

Em uma reunião realizada na última terça-feira (06) com a Guarda Municipal de Apuarema, o Prefeito Raival Pinheiro fez em conjunto com o Chefe da Guarda Ademiro Pereira e seus colegas, guardas, uma avaliação a cerca de todo o trabalho da nova equipe desenvolvida durante os festejos juninos e aproveitou para parabenizar a atuação dos mesmos. Reforçou os novos procedimentos a todos os presentes…

Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Apuarema, o chefe do Executivo informou a todos os presentes que, em breve, receberão treinamentos e capacitação de uma equipe especializada em segurança publica com o objetivo de melhorar ainda mais o trabalho da frota. Outra novidade apresentada pelo Prefeito Raival  para os guardas é que a Prefeitura vai disponibilizar uma carteira de identificação para os mesmos, facilitando assim a vida dos profissionais.

Segundo o Chefe da Guarda, o Prefeito Raival já solicitou a disponibilidade de 11 guardas trabalhando diariamente, em tempo integral, no auxilio da segurança da população. A equipe ainda foi presenteada com mais uma moto para o auxilio de suas funções, totalizando três motos de constantes rondas.


 

Começam nesta quinta-feira (6) as inscrições para concurso do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Interessados devem se cadastrar pelo site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe/Cespe) até o dia 24 de julho. As provas acontecem no dia 20 de agosto.

Clique aqui para ler o edital completo

Ao todo, o TRE-BA oferece 41 vagas, sendo 16 para analista judiciário e 25 para técnico judiciário. Destas, 39 são para cartórios eleitorais no interior. Na capital, há duas vagas para cargos específicos. Os salários chegam a R$ 10.119,93.

As vagas para analisa judiciário pedem nível superior e se dividem em sete para área administrativa e nove para área jurídica. Para técnico jurídico, é exigido nível médio – são 25 vagas, das quais 23 para área administrativa. O edital ainda contempla um cadastro reserva. Na capital, as vagas são uma para técnico judiciário com especialidade em Eletricidade e Telecomunicações e outra para técnico judiciário, especialidade em Operação de Computadores.

As inscrições custam R$85 para analista judiciário e R$70 para técnico judiciário. Os vencimentos iniciais são de R$10.119,93, para nível superior e R$6.167,99, para nível médio.

Para outras informações, os interessados deverão entrar em contato com a Central de Atendimento do Cebraspe por meio do telefone (61) 3448-0100, ou endereço eletrônico [email protected] Também poderá ser enviada correspondência para Caixa Postal 4488, CEP 70842-970, Brasília/DF.

Fonte: Correios da Bahia