Um ex-vereador de Porto Seguro, no sul da Bahia, Aldair Silva Andrade, foi morto a tiros na porta de casa, na manhã deste domingo (7). O crime aconteceu na Rua da Jaqueira, bairro Tabapiri, em Porto Seguro.

De acordo com a polícia, informações iniciais apontam que ele foi chamado e, ao sair da residência, foi atingido por cerca de três tiros no peito. Segundo populares, uma pessoa fugiu em um carro após os disparos. Eles não souberam informar se tinha mais alguém no veículo, e nem identificar placa e cor do automóvel.

Ainda não há suspeitas da motivação e autoria do crime, que deve ser investigado pela Polícia Civil. O corpo do ex-vereador foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Porto Seguro. Não há informações sobre o sepultamento da vítima.

Aldair Silva Andrade tinha 41 anos e foi candidato a vereador de Porto Seguro nas eleições de 2016 pelo Partido Social Cristão (PSC), mas não foi eleito.

“Nós não temos nenhum posicionamento ainda porque não sabemos o que de fato aconteceu. Ele veio como candidato na nossa legenda na última eleição. Ele era uma pessoa querida”, lamentou ao G1 o presidente do PSC em Porto Seguro, Eduardo Levino Soares.

De 2014 a 2016, como era suplente por um outro partido político, ele assumiu uma vaga na câmara de vereadores quando um dos edis se licenciou do cargo, segundo informou o presidente do PSC.


 

A Secretaria da Receita Federal informou que serão abertas nesta segunda-feira (8), a partir das 9h, as consultas a um lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, referentes aos exercícios de 2008 a 2017.

Os lotes residuais referem-se a contribuintes que caíram na malha fina, mas que posteriormante acertaram suas contas com o leão.

Estão incluídos nesse lote de restituição do IR 165.898 contribuintes, que receberão, em 15 de janeiro, R$ 310 milhões em restituições, informou o Fisco. A maior parte (R$ 209,5 milhões), referem-se a restituições do IR 2017, que serão depositadas para 115.102 contribuintes.

Do total, R$ 86,21 milhões serão pagos a 24.474 contribuintes idosos e 2.491 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Consultas

As consultas podem ser feita pelo site da Receita Federal, aqui.

A Receita lembra que há ainda o aplicativo para tablets e smartphones que facilita consultas às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF, diretamente nas bases de dados da Receita Federal.


Na manhã deste sábado (6) as redes sociais do Apuarema24horas recebeu dezenas de reclamações dos moradores de Apuarema. Tudo isso, porque há quase uma semana, a Embasa não tem fornecido regularmente à água para os consumidores. Desta vez, a situação está pior, pois, o calor tem aumentado e as famílias estão em período de férias das escolas, ou seja, as crianças passam mais tempo em casa, o que consome mais água.

As reclamações dos moradores sobre o abastecimento de água da embasa parte de diversos bairros da cidade e localidades diferentes. Um fato corriqueiro e questionado pela comunidade é que, após dias sem o abastecimento, a embasa emite faturas altíssimas de cobranças aos consumidores.

Nossa reportagem tentou contato com a EMBASA , mas até a publicação desta matéria não tivemos retorno.


Há quatro anos o Professor Edilton Andrade, vem se reunindo com a população do povoado de Itiúba (distrito de Jaguaquara), para arrecadar dinheiro e realizar as festas de final de ano da região.  Neste ano, pela quarta vez, após muito trabalho na realização dos preparativos e na correria para juntar um bom dinheiro, para comprar os fogos, que por sinal não são baratos, a comunidade conseguiu junto ao professor realizar a maior queima de fogos da história de Itiuba. No inicio deste ano, o Professor foi flagrado pelo Jornalista Deivid Robert, gravando comercial (amador) para os comércios, gratuitamente, como forma de agradecimento pelo apoio e parceria na realização da queima de fogos.

Em contato com nossa reportagem o Professor Edilton, fez questão de destacar a enorme parceria com a Equipe Sinalzinho da Amizade, que segundo informações do professor, foi essa equipe a responsável pela sonorização e realização da festa dançante para os mais de 1200 moradores da região.

Um fato curioso e que chamou à atenção, é que essa atitude vem sendo tomada há quatro anos, e nunca teve o apoio de políticos ou da Prefeitura Municipal de Jaguaquara.  O que prova a força de uma comunidade unida e organizada.

“Só tenho a agradecer a minha comunidade querida de Itiuba… Pela quarta vez, chegaram junto comigo e realizamos essa linda festa. Muito Obrigado, Itiuba!” – Agradeceu Edilton.

 

 

 


 

Indícios de fraude no cadastro apurados no programa Bolsa Família resultou no cancelamento de 55,675 benefícios na Bahia, o segundo maior corte do Brasil e o maior do Nordeste, constatou a auditoria do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), divulgada na quinta-feira (4). Somente na capital Salvador, são 6.389 cadastros cancelados. Em todo o país, 469.612 cadastros foram cancelados e, assim, não continuarão no programa em 2018. Inconsistência na renda cadastrada no Bolsa Família foi o dado que possibilitou identificar a quantidade de famílias inseridas no programa sem de fato se enquadrar nas regras. Conforme destacou a auditoria do CGU, 2.558.325 milhões de famílias que recebiam benefícios do programa apresentaram indícios de inconsistência cadastral.

Como explica o CGU, as irregularidades no Bolsa Família foram identificadas pelo cruzamento de dados oficiais com os valores de renda declarados pelos beneficiários no Cadastro Único. No Brasil, foram apurados erros no cadastro de 1.468.681 famílias que afirmavam receber entre R$ 170,01 e meio salário mínimo; 620.032 entre o grupo de até R$ 170; além de 469.612 famílias que diziam receber acima de meio salário mínimo. Pelo recorte estadual, 69.034 famílias na Bahia foram identificadas com dados incorretos entre o grupo com renda per capita de até R$ 170,01, e 172.288 entre R$ 170,01 e meio salário mínimo. Além dos cancelamentos e bloqueios, o relatório do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) identificou cadastros cujas famílias falsificaram a declaração da informação de renda no momento do cadastro. Na Bahia, a chamada subdeclaração foi identificada em 39.759 famílias. Ao todo, o governo estima que gastou até R$ 1,3 bilhão em pagamentos indevidos para um período de dois anos.

 

Fonte: Jequié Reporter


Matriz da empresa nos EUA não gostou; até presidente foi demitido

Uma festa à fantasia de fim de ano dos funcionários da subsidiária brasileira da multinacional Salesforce, em dezembro, não terminou muito bem. Segundo a Folha de S. Paulo, três pessoas foram demitidas, inclusive o presidente da multinacional no Brasil, Maurício Prado, por conta da repercussão ruim de uma fantasia polêmica. A empresa produz softwares para gestão de clientes e marketing. Entre seus clientes estão outras empresas como Embraer, iFood e Sulamérica.

Um dos empregados ousou e foi fantasiado do personagem conhecido como “negão do WhatsApp”. A imagem dele, ao lado de outros colegas, foi publicada no Facebook. Lá em São Francisco, nos EUA, funcionários da matriz viram a imagem e não gostaram – de acordo com a Veja, houve uma denúncia através dos próprios canais internos da empresa. Veio de lá o pedido para a demissão do empregado.

Segundo a Folha, o  diretor comercial tentou mantê-lo no cargo e a sede, então, teria decidido desligá-lo também. Até que o presidente da subsidiária tentou interferir e amenizar a situação, mas teve o mesmo destino dos outros funcionários. O argumento era que o Brasil é “mais liberal” que os EUA nessas questões, mas a matriz não aceitou.

A reportagem diz que pessoas próximas ao caso consideraram a punição exagerada e contraditória com o discurso da empresa, de defesa da diversidade. Após a saída de Prado, o comando da Salesforce no país foi assumido por Enrique Ortegon, que dirige a operação na América Latina.

Procurada, a Salesforce confirmou os desligamentos e disse que “os executivos trouxeram importantes contribuições para a Salesforce durante suas atuações na companhia”, mas afirmou que não comentaria o motivo da saída porque isso vai contra sua política interna.

Concurso de fantasia
Na festa de fim de ano, os recursos humanos da empresa decidiram fazer um concurso de fantasia. Os três melhores fantasiados ganhariam uma premiação – o primeiro faturaria R$ 3 mil. Participam da festa os cerca de 250 funcionários e eles mesmos iriam votar para escolher o vencedor.

O funcionário que foi de “negão do WhatsApp” usou camisa azul, colocou uma toalha no ombro, chapeu e improvisou uma prótese que fazia as vezes do pênis do personagem. Ele ficou em quarto lugar no concurso.

Outros dois funcionários também desagradaram com suas fantasias. Eles foram vestidos como personagens principais do filme “As Branquelas” – em que dois policiais negros se travestem de patricinhas brancas. Os dois foram suspensos pela empresa.

Fonte: Correio24horas


O presidente do PEN-Patriota, Adilson Barroso, se disse “aliviado” com a desistência de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) de ser o candidato por sua legenda. “Fiz das tripas o coração para tê-lo com a gente, mudei o nome do partido, mexi no nosso estatuto, dei mais de 20 diretórios para o grupo dele. Mas você não pode ser convidado para entrar em uma casa e depois querer tomar ela inteira para você, expulsando seus moradores originais”, disse o dirigente. Barroso afirmou que o relacionamento dele com Bolsonaro teria sido “envenenado” pelo advogado e assessor do deputado Gustavo Bebianno – que, segundo Barroso, queria tomar o “partido inteiro para o grupo de Bolsonaro”. O rompimento já havia se insinuado quando deputados da legenda se rebelaram contra o que chamavam de “fome” do grupo bolsonarista. Os deputados Walney Rocha (RJ) e Junior Marreca (MA) se posicionaram contra as mudanças no estatuto da legenda – principalmente aquela que impede alianças com partidos de esquerda (Marreca, por exemplo, é aliado do governador do Maranhão, Flávio Dino, que é do PCdoB). Bem ao estilo Barroso, o presidente do PEN-Patriota já avisou que, sem Bolsonaro, pretende focar em convencer o ex-presidente do Supremo Joaquim Barbosa a sair candidato por seu partido. O cientista político Vitor Oliveir, do Pulso Público, afirmou que “a questão de Bolsonaro tem a ver com a forma de operação dos partidos políticos no Brasil”. Para ele, o fato de os partidos terem “donos” cria dificuldades para Bolsonaro se impor como dono de uma legenda que não é dele. Já para o também cientista político Rogério Battistini, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, “Bolsonaro não está sabendo fazer o jogo político e criando dificuldades para sua própria candidatura”. Battistini afirmou ainda que a vontade de ter controle absoluto sobre uma legenda só “pode minar os sonhos eleitorais de Bolsonaro”.


 

Na próxima segunda-feira, dia 08 de janeiro, os itamarienses e região, comemoram uma grande vitória no processo de democratização da comunicação. Estreia “Jornal do Meio Dia”, programa de rádio que será apresentado das 12h00min às 13h30min, de segunda à sexta, pela emissora ITAMARl FM (104,09), de Itamari – Ba , 16 km de distância de Apuarema.

O Jornal do Meio Dia é uma aposta do empresário Edmundo Cinzas e o apresentador Deivid Robert (Apuarema24horas). O programa terá como objetivo informar aos ouvintes e leitores do blog Apuarema24hroas, sobre todos os acontecimentos de Itamari, Bahia e do mundo. No mesmo programa, semanalmente o apresentador receberá um convidado que ficará frente a frente, tratando de temas polêmicos e de interesses dos ouvintes.

Com uma vasta experiência em comunicação e jornalismo, o apresentador Deivid Robert estando à frente da edição do site de noticias Apuarema24horas, desde o ano de 2012, há seis anos. Apresentou ao lado do colega de comunicação Fábio Eça, de abril a agosto de 2016, onde ficou conhecido por suas notas famosas “nota 0 ou nota 10” e “cartão verde ou cartão vermelho” no jornal Apuarema Notícias na Apuarema Fm, e agora a frente deste novo e ousado projeto.

A estreia está confirmada para a próxima segunda-feira (08), ao meio dia. Outra novidade da programação é que será também transmitida ao vivo pelas redes sociais do Apuarema 24horas, da Itamari FM e do próprio perfil oficial do apresentador Deivid Robert.


O empresário Felipe Menezes, proprietário do Posto Porto, localizado a saída de Itamari para Gandu, confirmou com exclusividade na manhã desta sexta-feira (05), que ainda este mês estará iniciando o seu mais novo projeto “lado a lado com o povo”, cujo seu único objetivo é fortalecer o vinculo com a comunidade e garantir ao menos o básico na mesa de todos os itamarienses na hora do almoço.

A intenção é entregar mensalmente durante todo este ano de 2018, cestas básicas, para a população carente. A ideia surgiu de uma parceria com os produtores de eventos, Igor Meira e Júnior Gil, ambos organizadores da festa conhecida com Harém do Prijo.

Recentemente o mesmo empresário, Felipe Menezes, realizou no seu mesmo Posto, um grande evento , trazendo o Papai Noel, brincadeiras e brindes para a comunidade.


 

O vídeo começou a circular em grupos de WhatsApp no último sábado (30/12). Nas imagens é possível vê quando a mulher desfere três tapas no rosto do secretário. Um deles chegou até a derrubar o óculos usado por ele.

A mulher, identificada apenas como Jucilene, disse ter sido vítima de assédio moral, praticada por Marcelo Rocha. “Me chamou de vagabunda e mandou eu me foder”, disse a mulher.

Após o episódio, Jucilene prestou queixa na delegacia e recebeu apoio de outras pessoas nas rede sociais, algumas delas pedindo até a exoneração do secretário. O caso será investigado pela polícia.