No último dia 20, o Ten. Cel. PM Valci Góis Serpa de
Oliviera, comandante do 19º BPM deu início ao programa de visitas ao setor industrial de Jequié, com o intuito de
ouvir os anseios dos empresários e do trabalhador local no tocante à Segurança Pública. Inicialmente
o Cel. Serpa esteve na Fábrica de Calçados Ramarim, indústria inaugurada em julho de1997 no Distrito Industrial de
Jequié,
responsável por mais cinco mil empregos em nossa cidade e
posteriormente pretende estender as visitas a todas as outras fábricas afim de compreender
melhor os problemas de segurança no Distrito industrial.
O comandante do 19º BPM determinou aos setores subordinados o levantamento
estratégico no Distrito Industrial, a idéia central é estabelecer
parcerias com a Associação Comercial e Industrial de Jequié (ACIJ) com vistas a
implementação de programas que tragam melhorias significativas na
segurança. “O Distrito Industrial de Jequié é um dos motores que
impulsionam a economia da cidade, estamos preocupados sobretudo com a segurança das pessoas que
circulam diariamente naquela área. Pretendemos implementar rondas ostensivas e vamos
delegar missões ao Setor de 
Inteligência do 19º BPM para coibir ações de meliantes naquela área” – afirmou o comandante Serpa.
 
DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Assessoria de Imprensa
Marcelo Pinho – CAP PM
Fone: (073) 8817 3502

TEN CEL SERPA COMANDA MAIS UMA OPERAÇÃO

Na última
terça-feira
(13), o Ten. Cel Valci Góis
Serpa comandou a Operação “Agatha
em Jequié. A
operação foi
montada com forte logística,
envolvendo todos os oficiais do 19º BPM,
sessenta policiais militares e vinte viaturas. Bloqueios de trânsito foram estratégicamente montados nos
principais acessos da cidade, de forma a limitar os deslocamentos de
traficantes, enquanto a Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) e o Setor de Missões Especiais (SME) faziam
as incursões nas
“bocas” de fumo.
Dois
traficantes foram detidos: Maurício
Santos Silva, 21 anos e A.C.H, 14 anos. Com Maurício foram encontradas sete gramas de maconha
e dez gramas de crack, embaladas para a venda, além de um embalador de cigarros de maconha, um
aparelho DVD e dois celulares. “Apesar
de não
realizarmos nenhuma apreensão de
drogas cinematográfica,
o resultado da operação foi
satisfatório. É uma luta constante.
Retiramos traficantes das ruas diariamente. Com certeza, foi mais uma vitória contra as drogas”,
avaliou o comandante Serpa.

                             

Informações:

DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO
SOCIAL
Assessoria de Imprensa
Marcelo Pinho – CAP PM

 Edvaldo Santos Oliveira, Vulgo Inho – Vitima
Na ultima noite de domingo dia 18/11/12, na cidade de Itamari
– BA, 16 km de Apuarema, a Policia Militar foi acionada via celular, sendo
informada que 03 (três) elementos armados tentaram contra a vida do jovem Edvaldo
Santos Oliveira, vulgo “Inho”. Segundo informações da vitima o mesmo tinha
chegado a Itamari há uma semana e estava hospedado na casa de um jovem chamado “cagão”,
ao baterem na porta “inho” foi ver quem era e deu de cara com três elementos
fortemente armados que efetuaram disparos em sua direção, atingido na região do
tórax, a vitima foi socorrido pelos policiais e conduzido ao hospital local,
que por ventura estava sem médico. Logo foi conduzido ao hospital de Gandu – BA
que fica a 32 km de Itamari. Que por incrível que pareça em Gandu não tinha
médico também, sendo assim conduzido imediatamente ao Prado Valadares na cidade
de Jequié, que fica a mais de 90 km de Gandu. Os Policiais fizeram a diligencia
no sentido de capturar os meliantes mais a operação foi sem sucesso. A Policia
Militar já tem informações de quem são os meliantes. Segundo ainda informações,
a vitima já havia cumprido pena no Conjunto Penal de Valença – Ba, por trafico
de drogas e tudo leva a crer que foi acerto de contas.
Informações: SD Carvalho

Após a divulgação do vídeo, a (ainda) moça é obrigada a conviver com zombarias como a das moedas voadoras e incontáveis chacotas

 

De repente, duas moedas de 25 centavos voam em
direção à jovem de 18 anos que, metida numa apertada saia de cintura
alta, tênis sneaker nos pés e olhar oculto por grandes óculos escuros de
aro lilás, dá explicações sobre a decisão de leiloar a virgindade na
internet: “Foi pelo dinheiro mesmo, mas eu queria ajudar minha mãe e
garantir um futuro melhor pra gente”.
Em Sapeaçu, a 156 quilômetros de Salvador, esse é o
mantra que Rebeca Bernardo Ribeiro repete nos últimos dias. Há uma
semana, ela postou no site Youtube um vídeo em que oferece sua primeira vez para aquele que resolver coçar o bolso com mais vontade. Para o bem ou para o mal, virou alvo imediato de todos os olhares da cidade de 16,5 mil habitantes.
Após a divulgação do vídeo, a (ainda) moça é
obrigada a conviver com zombarias como a das moedas voadoras e
incontáveis chacotas. “Já me ofereceram R$ 1,99. Teve um que escreveu
que dava cinco centavos e queria o troco. Não tá vendo essas moedas aí?
Pelo menos já tenho 50 centavos”, diz Rebeca, vendo graça nas
consequências da sua decisão.
“Fiquei assustada com toda essa repercussão. Não
esperava que fosse assim. Mas minha virgindade ainda está em leilão”,
atesta ela, afirmando já ter recebido um lance real de R$ 60 mil, o que
acha pouco. “Talvez por esse valor eu aceite, mas espero ainda uma
proposta maior. Se valer a pena, eu faço”, completa, optando sempre pelo
eufemismo “coisas íntimas” em lugar do popular “sexo”.

Ajuda
Rebeca admite que teve a ideia após a repercussão do caso da catarinense Catarina Migliorini, 20 anos,
que leiloou sua virgindade por US$ 780 mil (R$ 1,5 milhão). Entretanto,
justifica sua atitude revelando o drama da mãe, uma mulher de 57 anos
vitimada duas vezes por Acidente Vascular Cerebral (AVC), a primeira há
quatro anos, a segunda há cerca de 2 meses. Numa casa simples de quatro
cômodos, as duas se viram com uma pensão de um salário mínimo. No
quintal, nada se planta. O espaço é ocupado por 13 galinhas e a coelha
Vida. 

 Por onde passa, Rebeca provoca curiosidade. Alguns jogam moedas. Foto: Tayse Argôlo

“Preciso comprar remédios pra minha mãe e pagar
fisioterapia. Ela precisa de muitas sessões. Ninguém pode me julgar. Eu
tomei minha decisão sozinha e pronto”, argumenta a jovem, nascida em
Itapecerica da Serra (SP), mas moradora de Sapeaçu desde bebê. Seu pai,
com quem nunca teve muito contato, morreu há três anos.
Com dificuldade de locomoção e fala limitada, a mãe
de Rebeca não conversou com o CORREIO, mas a garota garantiu que ela
está ciente de toda a situação. “Só contei depois que o vídeo estava na
internet. Ela não gostou, mas disse que tenho 18 anos e posso fazer o
que eu quiser”.
Estudante do 2º Ano do Ensino Médio do Colégio
Estadual Dr. Eliel da Silva Martins, Rebeca conta que desde que o vídeo
foi parar na internet perdeu o sossego. Nem precisava contar. A mera
saída da lanchonete onde conversava com o CORREIO para entrar no carro
causou rebu. O burburinho une velhos, jovens e crianças. Um garoto com
seus 8 anos se exalta. “Eu pago, eu pago!”, grita, desvairado.

 


Pela
primeira vez, Bruno foi apontado como mandante do desaparecimento e morte da
ex-namorada

O réu Luiz Henrique Romão, o Macarrão, incriminou no início
da madrugada desta quinta-feira (22) o goleiro Bruno pelo desaparecimento e
morte de Eliza Samudio, em junho de 2010. “Não sou assassino”, disse
Macarrão ao advogado assistente de acusação. O interrogatório durou cerca de
cinco horas.

Macarrão disse ter levado de carro a ex-amante do goleiro até um local indicado
pelo jogador, próximo da Toca da Raposa, centro de treinamento do Cruzeiro, em
Belo Horizonte. “Ele ia levar ela para morrer”, afirmou. Um Fiat
Palio escuro a esperava. Macarrão disse que saiu rápido do lugar e não viu o
que ocorreu depois, segundo o jornal Folha de S.Paulo. “Eu estava
apavorado. Quase bati o carro”.

Macarrão, então começou a chorar. Ele disse ter tentado convencer Bruno a
desistir de assassinar Eliza. “Bruno, estou falando, deixa essa menina em
paz. O Cleiton já foi preso. O Jorjão já foi preso. Não quero ser mais um a
entrar no sistema. Qualquer coisa que acontecer, vão colocar a culpa em
mim”, disse o réu.

 

Macarrão acusou goleiro Bruno pela morte de Eliza Samudio (Foto: Arquivo
AE)

Segundo Macarrão, Bruno teria dito: “faz o que estou dizendo, larga de ser
bundão”. “Sou pica. Sou Bruno.” Segundo o réu, Bruno enganou
Eliza, que achava que estava sendo levada para um apartamento.

Macarrão disse que se soubesse onde está o corpo da ex-namorada de Bruno,
contaria. Ele desmentiu a versão contada por Sérgio Rosa Sales Camelo, primo do
goleiro, que partes do corpo de Eliza teriam sido jogadas para cães da raça
rottweiler. O julgamento será retomado às 13h30 desta quinta-feira.

Adiado
O julgamento do goleiro Bruno Fernandes foi adiado para 4 de março de 2013. O
pedido foi acatado pela juíza Marixa Rodrigues após Bruno apresentar novos
advogados de defesa e pedir o desmembramento do seu julgamento no terceiro dia
de audiência, em Minas Gerais. 
No início
da sessão desta quarta-feira (21), o goleiro pediu a palavra e apresentou o
advogado Lucio Adolfo da Silva e mais quatro outros defensores para compor a
banca. A justificativa apresentada pelo acusado para pedir o adiamento do
julgamento é a de que seu novo advogado precisa de tempo para estudar os autos
do processo.
Apesar do
promotor do caso, Henry Wagner Castro, se manifestar contra o pedido, a juíza
Marixa Rodrigues concordou com o desmembramento. O julgamento de Bruno vai
acontecer junto com o do ex-policial civil Marcos Aparecidos dos Santos, o
Bola, e o da ex-mulher dele, Dayanne Souza.
 
A juíza ainda deve decidir se aceita ou não o pedido de impugnação de cinco a
seis testemunhas de defesa, acusadas pelo promotor do caso de ‘quebra de
incomunicabilidade” – segundo ele, as testemunhas estariam se comunicando
por celulares no hotel onde estão hospedadas. Nesta quarta-feira (21) continuam
normalmente o julgamento do ex-secretário de Bruno, Luiz Henrique Romão, o
Macarrão, e da ex-namorada do goleiro, Fernanda Castro.
Testemunha
apontou outro suspeito de matar Eliza Samudio

A última testemunha ouvida ontem no julgamento dos acusados
pela morte de Eliza Samudio, em Contagem (MG), revelou o nome de mais um
suspeito pela morte
: o policial civil José Lauriano de Assis
Filho, 47 anos, o Zezé.
Dois anos
após o crime, o Ministério Público pode denunciá-lo pelo assassinato de Eliza,
ex-namorada do goleiro Bruno. “Zezé era suspeito desde o início das
investigações. Mas naquele momento os indícios não eram satisfatórios para
justificar um processo penal. Tínhamos dados objetivos, mas não tínhamos
nenhuma prova oral que alinhasse tudo”, disse o promotor Henry Castro.

A participação de Zezé era um dos buracos na investigação. Foram desprezados 37
telefonemas entre Zezé e personagens centrais da trama como Luiz Henrique
Romão, o Macarrão, a ex-mulher de Bruno, Dayanne Souza, e o ex-policial Marcos
Aparecido dos Santos, o Bola.


Um verdadeiro
drama é vivido pelos moradores da Rua Martinho Lutero, no Centro de
Apuarema. Segundo os denunciantes, o poder executivo esqueceu dos
problemas enfrentados naquela localidade -“A muitos anos sofremos com a
rede de esgoto que constantemente
fica a céu aberto. Não podemos se quer abrir a porta de casa por causa
do insuportável cheiro de esgoto. As crianças não podem andar na rua” –
relatou Raimundo
Ferreira. O professor Edgar Dantas disparou –“O esgoto transborda em
minha casa,
consequência do entupimento da rede. Em dias de chuvas, os vizinhos
precisam me ajudar a retirar o esgoto que invade minha residência.
Entrei em contato
com o setor responsável, mas eles informaram que, não há pessoal
suficiente para realizar
o serviço” – declarou Dantas. Ainda de acordo com os moradores, a
Prefeitura sempre realiza reparos, mas o
problema persiste. Para os denunciantes, há a necessidade de construção
de uma
nova rede de esgoto, só assim sanaria de vez o problema. Cansado de
esperar, o
morador conhecido por João de Paulo “colocou a mão na massa” e sozinho
realizou
o conserto parcial da rede de esgoto, acabando, por um tempo, com o
problema. Alguns evangélicos integrantes da Igreja Batista de Apuarema
declararam ao Apuarema em Foco que, também eram prejudicados com o
esgoto, os quais solicitavam solução à Secretaria Municipal de Obras e
Infraestrutura.

 Problema foi parcialmente sanado por morador insatisfeito e cansado de esperar

Fonte: Apuarema EmFoco


Áries – 22 de Novembro de 2012
Amor: Evite ser muito rabugento com o seu amor, seja mais compreensivo ou provavelmente vai se arrepender.
Saúde: Talvez precise controlar a pressão arterial e alimente-se bem evitando gorduras.
Dinheiro: Talvez deva manter o seu ritmo de trabalho e não se deixe abalar pelos obstáculos.
Família: Seus desejos familiares possivelmente se realizar se caso aja com paciência.

Touro – 22 de Novembro de 2012
Amor: Deixe-se levar pelas emoções, um pouco de mudança talvez lhe ajude.
Saúde: Procure dar mais atenção aos sintomas de prováveis problemas em seu corpo.
Dinheiro: Evite desperdiçar dinheiro desnecessariamente, controle-se.
Família: Possivelmente passará por um momento difícil na vida, aceite ajuda de membros da família.

Gêmeos – 22 de Novembro de 2012

Amor: É provável que você tenha que armar-se primeiro antes de se entregar para sua cara-metade.
Saúde: A insônia talvez seja um grande problema trazendo mal estar e cansaço excessivo.
Dinheiro: É possível que deva apostar na disciplina e motivação para atingir os seus fins.
Família: Procure ser mais carinhoso com seus filhos tenderá ser divertindo para eles.

Câncer – 22 de Novembro de 2012
Amor: É provável que ter de entender melhor os sentimentos do seu par.
Saúde: A depressão tenderá aparecer neste momento procure fluir bons pensamentos.
Dinheiro: Possivelmente vai ter que ser mais prudente com seus gastos respeite o seu orçamento.
Família: Talvez precise evitar problemas de identidade aceite sua família do jeito que ela é.

Leão – 22 de Novembro de 2012
Amor: Invista na relação, talvez deva comprar coisas novas para variar um pouco.
Saúde: Período favorável para a melhoria do seu bem-estar geral.
Dinheiro: Tendência para adotar atitudes de contenção de despesas, siga apenas os seus planos.
Família: Possivelmente faltará maturidade para tratar dos problemas de casa leve mais a sério sua vida.

Virgem – 22 de Novembro de 2012
Amor: Dê mais atenção às necessidades da sua cara-metade, fique atento.
Saúde: Procure ter uma alimentação mais equilibrada e faça mais exercícios.
Dinheiro: É possível que surja investimentos lucrativos, todavia, evite arriscar demasiado.
Família: Domine as situações de conflito em família, mas respeite os mais velhos.

Libra – 22 de Novembro de 2012
Amor: Mude um pouco sua rotina amorosa, vá a lugares diferentes.
Saúde: Faça escolhas por alimentos que te favoreça o intestino.
Dinheiro: Seja mais flexível, o facto de ser tão minucioso talvez te prejudique.
Família: Novos projetos familiares provavelmente vão aparecer, esteja cada vez mais perto dos teus filhos.

Escorpião – 22 de Novembro de 2012
Amor: Procure ter pensamentos positivos e não se deixe tomar por sentimentos ou pensamentos negativos.
Saúde: Talvez tenha problemas de prisão de ventre, coma um mamão vai lhe ajudar.
Dinheiro: Seja mais flexível ser muito incisivo e contundente possivelmente irá atrapalhar nos negócios.
Família: Conversar dentro de casa tenderá trazer felicidade e constante entendimento na família.

Sagitário – 22 de Novembro de 2012
Amor: Tenderá ter uma discussão com alguém especial mas lembre-se que nem sempre tem a razão.
Saúde: Seja cuidadoso em relação à sua higiene, é possível que venha ter problemas.
Dinheiro: Com empenho e determinação provavelmente irá concluir um projeto pendente.
Família: Uma pessoa da família talvez reapareça, aproveite para relembrar grandes momentos.

Capricórnio – 22 de Novembro de 2012
Amor: Aproveite para dizeres o que pensas para o seu amor com paciência e clareza, desabafe.
Saúde: Possibilidade de uma infecção tome bastante líquido.
Dinheiro: Período de grande estabilidade aproveite para repensar seus projetos.
Família: É possível ter uma discussão com os seus filhos, lembre-se que eles têm vida própria.

Aquário – 22 de Novembro de 2012
Amor: Faça valer a sua palavra junto de alguém a quem prometeu algo.
Saúde: Respeite os limites do seu corpo. Não exagere na prática de exercício físico.
Dinheiro: O seu sucesso está garantido, mas tenha cuidado para não se deixar levar pela ilusão do poder.
Família: Precisará da sua maturidade para lidar com pequenos problemas em casa.

Peixes – 22 de Novembro de 2012

Amor: Evite ser muito rabugento com o seu amor, seja mais compreensivo ou é possível que se arrependa.
Saúde: Controle a pressão arterial e alimente-se bem evitando gorduras.
Dinheiro: Mantenha o seu ritmo de trabalho e não se deixe abalar pelos obstáculos.
Família: Seus desejos familiares tenderão se realizar se agir com paciência.


A última testemunha ouvida ontem revelou o nome do policial civil José Lauriano de Assis Filho, 47 anos, o Zezé

 

A última testemunha ouvida ontem no julgamento dos acusados
pela morte de Eliza Samudio, em Contagem (MG), revelou o nome de mais um
suspeito pela morte: o policial civil José Lauriano de Assis Filho, 47 anos, o
Zezé. Dois anos após o crime, o Ministério Público pode denunciá-lo pelo
assassinato de Eliza, ex-namorada do goleiro Bruno. “Zezé era suspeito desde o
início das investigações. Mas naquele momento os indícios não eram
satisfatórios para justificar um processo penal. Tínhamos dados objetivos, mas
não tínhamos nenhuma prova oral que alinhasse tudo”, disse o promotor Henry
Castro.

A participação de Zezé era um dos buracos na investigação. Foram desprezados 37
telefonemas entre Zezé e personagens centrais da trama como Luiz Henrique
Romão, o Macarrão, a ex-mulher de Bruno, Dayanne Souza, e o ex-policial Marcos
Aparecido dos Santos, o Bola. Na noite de 10 de junho de 2010, Zezé, além dos telefonemas,
se encontrou com Bola. A participação dele foi revelada no depoimento do preso
Jaílson de Oliveira. Ele disse que Zezé ajudou Bola a matar Eliza. O julgamento
teve outro dia tumultuado ontem e registrou mais baixas. Dos cinco acusados que
iniciaram o júri, restam três.

A ex-mulher de Bruno, Dayanne Souza, também teve seu julgamento desmembrado,
assim como Bola. Tudo aconteceu após Bruno destituir seu principal advogado,
Rui Pimenta. Depois, o goleiro pediu também a saída do outro advogado, Francisco
Simim, e pediu o desmembramento de seu júri, o que foi negado pela juíza.

Antes de ser convidado como assistente de defesa de Bruno, o advogado Tiago
Lenoir afirmou que a melhor solução para o goleiro era assumir a morte de
Eliza. “Bruno e Macarrão deveriam confessar o crime de homicídio e negar a
ocultação de cadáver e sequestro. Daí pega seis anos [de prisão]”, escreveu no
Twitter. Após ser convidado, as mensagens foram apagadas. “Meu comentário era
como se fosse de qualquer um da multidão”, limitou-se a dizer. A juíza
fixou multa de R$ 18.660 a cada um dos três advogados de Bola que abandonaram o
julgamento.