A 3ª Conferência Estadual aconteceu em Salvador no Centro de
Convenções, entre os dias 15 e 17 de outubro, onde os delegados municipais
apresentaram as suas propostas e suas moções de acordo às necessidades de seus
territórios. Ainda neste encontro foram eleitos delegados para a Conferência Nacional
que ocorrerá em Brasília no próximo ano, sendo eleito para representar as 16
cidades do Território de Identidade do Médio Rio das Contas o Sr. Carlos
Alberto Amorim Nunes, apuaremense, que dentro desse contexto se prepara junto à
delegação para levar a Brasília as propostas ambientais de mudanças necessárias
para garantir a sustentabilidade que a Bahia e o Brasil precisam. Fonte:
Ascom/Sema.


Localizada na região baixo sul da Bahia, a cidade de Itamari
está sem prefeito. Quem afirma é o presidente do PCdoB no município, Dermival
Souza. “Ontem [segunda] ele apareceu aqui com dois baús, pegou tudo e está
morando em Jequié”, disse ao Bahia Notícias o comunista, ao se referir ao atual
gestor, Waldson Carlos Menezes (PT), o Kçulo. De acordo com Dermival, que
define o prefeito como “um petista genérico”, a cidade está “largada, lixo
pelas ruas, tudo abandonado”. A reportagem do BN fez diversas ligações para a
prefeitura, mas nenhuma foi atendida. O celular do prefeito estava na caixa. Em
telefonema para a casa do pai de Waldson, uma funcionária que não se
identificou atestou se tratar da residência do patriarca e confirmou que o
alcaide “deve estar” em Jequié. O petista foi derrotado nas urnas por Valter
Júnior (PCdoB), o Nego, por uma diferença de apenas 11 votos. Dermival Souza
alega que o atual gestor “transferiu mil e cem votos” de Jequié para Itamari,
motivo pelo qual a margem de frente teria sido pequena. “Nego ia ter de
500 a 600 votos de frente”, disse o dirigente comunista ao BN, ao ressaltar que
considera “estranho” o fato de a população da cidade ser inferior a oito mil
habitantes e ter “sete mil eleitores [6.844, segundo o TSE]”. De acordo com o
censo 2010 do IBGE, 7.904 pessoas vivem no município. Kçulo é investigado
pelo Ministério Público de Gandu por compra de votos em Itamari. Fonte:
Bahia Notícias.


O mistério sobre quem matou Max (Marcello Novaes)
foi resolvido no capítulo final de “Avenida Brasil” (TV Globo) nesta
sexta-feira (19). A novela terá reexibição do desfecho no sábado.
A novela de João Emanuel Carneiro foi um dos temas
mais comentados do Brasil nesta sexta; nas redes sociais, esteve nos
assuntos mais comentados do Twitter durante todo o dia. A hashtag usada
foi #OiOiOiFinal.
De acordo com dados prévios do Ibope, o último
capítulo da novela teve 50,9 pontos de média de audiência.  A trama
chegou a 72% de share (participação no número de televisões ligadas). O
pico de audiência foi de 53,8 pontos. Com estes números, já é o maior
ibope de um programa de TV no Brasil em 2012. O resultado é melhor do
que o da predecessora de “Avenida Brasil”, “Fina Estampa”, que teve 45
pontos no Ibope do capítulo final. Apesar do bom desempenho, a novela
não conseguiu superar o final de “A Favorita” (2009), que terminou com
55 pontos de audiência.
O elenco da novela se reuniu uma churrascaria da
Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, para curtir junto o
final. Estiveram presentes Adriana Esteves, Betty Faria, Ailton Graça,
Vera Holtz, Cauã Raymond e Débora Nascimento, entre outros, estiveram
presentes. As ausências mais sentidas foram de Murilo Benício e Débora
Falabella.
A próxima novela das 21h será “Salve Jorge”, de Glória Perez.
Lacunas no final da novela
Nas redes
sociais, os telespectadores da novela ficaram indignados com algumas
‘lacunas’ deixadas por alguns personagens. Santiago, pai de Carminha,
foi baleado pela filha, mas não ficou claro se ele terminou sendo preso
pela polícia ou se morreu vítima do disparo. O público também ficou
ansioso para ver o rosto do filho de Suelen, Roni e Leandro, assim como
para saber o que aconteceu com Agata. Outro personagem que ao que
indicava seria adotado pelo casal Jorginho e Nina foi ‘Picolé’, um dos
meninos do lixão que também foi esquecido no final da trana.
Repercussão internacional
O sucesso da
novela foi destacado até por órgãos de imprensa internacionais.  No
britânico The Guardian, o correspondente Jonathan Watts contou que o
último episódio teria 70 minutos de melodrama com casamentos,
celebrações e a resposta para a pergunta que milhões de brasileiros
estavam fazendo: ‘Quem matou Max?’. 
Fonte:correio

A atriz Regina Dourado, 59 anos, continua internada
no Hospital Português e seu estado de saúde é delicado. O irmão dela,
Oscar Dourado, declarou ao Uol que a atriz não reconhece mais os
familiares e respira com ajuda de aparelhos.
“Sinal de vida em minha querida irmã só no coração.
Ela não reconhece absolutamente mais ninguém e necessita de oxigênio
para se manter viva”, diz Oscar. “Nós (familiares) só estamos
aguardando o coração dela parar de funcionar”, acrescentou na tarde
desta quarta-feira (24).
Regina está com infecção urinária e insuficiência
respiratória decorrente do estado de saúde. A atriz luta contra a
metástase de um câncer de mama, diagnosticado em 2003. Ela está
internada no Português desde o dia 20 e há dois dias foi transferida da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para um quarto,
onde segundo fontes da equipe médica já recebe os chamados cuidados
paliativos, para aliviar o sofrimento. Ela parou com o tratamento de
quimioterapia  e seu quadro é considerado irreversível.
Em nota, o Hospital Português informa que a atriz
permanece internada e que seu estado de saúde “inspira cuidados e
permanece sem alterações no momento”.
Luta contra o câncer
Em uma entrevista
concedida ao iBahia, em 2011, a atriz contou que quando descobriu o
nódulo maligno em um dos seios, há cerca de nove anos, passou por
cirurgias e sessões de quimioterapia e radioterapia.

Segundo
Regina, a doença deu uma trégua logo após a descoberta e voltou em
2010. Novamente, ela passou pelo centro cirúrgico e reiniciou o
tratamento. Mas, dessa vez, a baiana sofreu com as sequelas da
quimioterapia. “Fiquei sem poder andar, tive muitas alucinações,
esquecimento e visão dupla. Agora já estou andando, a visão está ótima e
a memória está voltando, graças a Deus”, revelou ela, na época da
entrevista. 

Para quem não se lembra, o último papel da atriz na
Globo foi em 2005, na novela ‘América’, de Glória Perez. Depois disso,
ela ainda atuou em trabalhos na Record, como ‘Bicho do Mato’ (2006) e
‘Caminhos do Coração’ (2007). Sua última atuação foi em abril deste
ano, quando participou do espetáculo ‘Paixão de Cristo’, na Concha
Acústica do TCA.
fonte: Correio


O
japonês vai desfrutar da primeira noite de Catarina daqui a 10 dias
durante um voo que sairá da Austrália ou Indonésia com destino aos
Estados Unidos

O leilão da virgindade da brasileira Catarina Migliorini
pelo site Virgins Wanted foi encerrado na manhã desta quarta-feira
(24) com o lance de um japonês identificado como Natsu. Com US$ 780 mil,
equivalente a cerca de R$ 1,5 milhão, o desconhecido vai desfrutar da
primeira noite de Catarina daqui a 10 dias durante um voo que sairá da
Austrália ou Indonésia com destino aos Estados Unidos.

 Até a tarde desta terça-feira  (23) o maior lance estava em US$ 450 mil,
equivalente à R$ 900 mil. O autor do lance era um indiano
identificado no site como Rudra Chatterjee.

Segundo o site do
Jornal Folha, um lance vindo do Brasil arrematou a virgindade do russo
Alexander Stepanov. Identificado no site apenas como Nene B., de sexo
ainda não informado, pagou  US$ 3.000, cerca de R$ 6.000, para fazer
sexo com Alexander.

 Segundo o site Virgins Wanted, o vencedor terá que seguir algumas
regras como usar camisinha obrigatoriamente, não beijá-la, não realizar
nenhuma fantasia nem fetiche, não usar brinquedos sexuais e não filmar
o ato. O tempo de duração da relação sexual deverá ser acordada entre
os dois, porém o prazo mínimo é de uma hora.

Documentário
Catarina,
que é natural de Itapema, em Santa Catarina, se inscreveu há dois anos
atrás em um concurso promovido pelo produtor australiano Justin Sisely
que buscava uma jovem para leiloar sua virgindade e participar de um
documentário que mostrará os preparativos para o leilão. Atualmente ela
está em Bali, na Indonésia, gravando o documentário que será finalizado
no Brasil.

Fonte: Correio


A novela “Salve Jorge” que a TV Globo
estreou na última segunda-feira (22) no horário das 9h substituindo
“Avenida Brasil”, já enfrenta a reprovação de grupos evangélicos que
postam na  internet mensagens de repúdio ao folhetim. O movimento é
organizado por fiéis da Igreja Universal que orientam todos os seus
membros a não assistirem à novela de Glória Perez. O argumentando
principal do grupo é que a história é um veículo de adoração a Ogum, já
que São Jorge é uma das representações do orixá no Brasil. As
manifestações começaram no blog “Exército Universal”,  mantido por
integrantes da igreja. Segundo os autores dos posts, o termo “salve”,
incluído no título da novela, é uma saudação à entidade espiritual.
O
grupo argumenta que com a saudação diária a Ogum (Jorge) o “Espírito de
Deus” se distanciará dos lares brasileiros. Além do blog, os fiéis
mantém uma página no Facebookna qual divulgam ocasionalmente mensagens
de repúdio à novela. O “Exército Universal” ainda acusa “Salve Jorge” de
promover “apologia ao lesbianismo” através das personagens de Vera
Fischer e Tammy Gretchen, que se relacionarão com mulheres no decorrer
da trama. O grupo já conta com o apoio do líder da igreja, o bispo Edir
Macedo.  Procurada pelo jornal Folha de S.Paulo, a Rede Globo se
pronunciou sobre a acusação de adoração a Ogum. A emissora disse que
“Salve Jorge” não fala sobre o santo que dá nome a novela, mas sobre o
mito do guerreiro. Segundo a Globo, a referência a São Jorge está ligada
ao fato de ele ser o padroeiro da cavalaria que é um dos núcleos da
novela.  Já o “Exército Universal” comentou a repercussão do caso
negando que organize um boicote contra a novela. “O que foi divulgado
por nós foram orientações (totalmente diferente de ‘boicote’)
direcionado ao público evangélico, pois nós cremos em algo totalmente
diferente do que será exibido na novela global”. (Correio)

Realizada pelo Programa de DST/ Aids e Hepatites Virais da Secretaria
Municipal de Saúde (SMS), a Campanha Elimina Sífilis 2012 teve mais uma
etapa de ações preventivas realizada no último sábado (20), desta vez,
junto aos comerciantes, ambulantes e frequentadores do Mercado da
Produção, no bairro da Levada. Executada com o objetivo de
conscientizar, divulgar os modos de prevenção e reduzir o número de
casos da doença no município, a atividade marcou a celebração do Dia
Nacional de Combate à Sífilis, comemorado em todo o país no terceiro
sábado do mês de outubro.

Na ação, realizada durante toda a manhã, foram disponibilizados os
exames para detecção de HIV, sífilis, hepatites B e C e HTLV,
orientações e a distribuição de material informativo e de preservativos
masculinos e femininos, buscando reforçar a prática do sexo seguro e
ampliar o conhecimento da população sobre a sífilis, doença que pode ser
transmitida por meio de relações sexuais sem preservativos, transfusão
de sangue contaminado e da mãe para o bebê durante a gestação e o parto.
É importante ressaltar que, se não for tratada, a doença pode causar
complicações graves como cegueira, doenças cerebrais e problemas
cardíacos, podendo levar à morte.

Segundo a coordenadora do Programa em Maceió, Sandra Gomes, o trabalho
de manter as doenças sexualmente transmissíveis – como a sífilis – sob
controle, com ações de prevenção ou tratamento adequado, enfrenta
dificuldades devido à resistência dos parceiros, que além de fazer uso
dos mais diversos argumentos para deixar de lado a preservativo
masculino (camisinha), não têm o hábito de ir ao médico ou realizar
exames preventivos. Para vencer essa barreira, a coordenação municipal
do programa tem investido na mais recente estratégia do Ministério da
Saúde: a camisinha feminina.

“O preservativo exclusivo para mulheres é um grande avanço, pois
representa a autonomia feminina, no que se refere a uma nova
possibilidade de escolha para evitar uma DST, a Aids ou até mesmo uma
gravidez indesejada, especialmente, com os parceiros que se negam a usar
a camisinha masculina. Por isso, já vem sendo considerada a melhor
amiga da mulher”, reforça Sandra.

A coordenadora ressalta que, a exemplo da camisinha masculina, os
preservativos femininos também estão facilmente acessíveis nas unidades
de saúde do município, mas ainda precisam alcançar popularidade, pois a
procura ainda é pequena.

“Como algumas mulheres ainda relatam algum desconforto ao utilizar a
camisinha feminina, o mais certo a fazer é ler atentamente o rótulo da
embalagem. Quem nunca fez uso do mesmo deve experimentá-lo e treinar seu
uso antes da relação sexual, o que favorecerá sua utilização de forma
adequada. O importante, porém, é lembrar que o preservativo é o meio
mais simples, confiável e barato de prevenção, até mesmo durante a
gravidez”, alerta Sandra.


Um tenente-coronel da reserva da Polícia Militar
sofreu um sequestro relâmpago na manhã desta terça-feira (23) no bairro
de Stella Maris, em Salvador. Segundo informações da TV Bahia, o PM
estava em seu carro quando foi abordado por quatro homens.

Os bandidos colocaram o policial no porta-malas do
carro e o obrigaram a fazer saques em caixas eletrônicos pela cidade.
Não foi divulgado quanto foi roubado da vítima.
O tenente foi liberado em Catu de Abrantes e seu
carro foi abandonado próximo ao posto da Polícia Rodoviária Estadual, na
Estrada do Coco, na altura Portão. O tenente foi conduzido para a 23ª
Delegacia Territorial (DT/Lauro de Freitas) e policiais militares fazem
buscas pelos suspeitos.

Passado o sufoco
da campanha eleitoral, a nova prefeita eleita de Apuarema terá de
enfrentar novos desafios inevitáveis: 1 – Montar
equipe de governo; 2 – Lidar com falta de recursos nas prefeituras; 3 –
Atender
a população ou aos interesses dos grupos aliados? 4 – Controlar a Folha
de
Pagamento; 5 – Planejar a gestão. Montar equipe de governo – Que deve
estar
afinada com os propósitos administrativos e políticos do gestor, além de
capacitada tecnicamente. A escolha deve ser técnica, respeitando-se os
acordos
de campanha, evitando-se a inexperiência ou incapacidade dos escolhidos,
porque
isso pode levar a nova administração ao insucesso. Falta de dinheiro –
Os
eleitos devem encontrar os cofres municipais minguados, por conta do
déficit
orçamentário gerado pela queda global na arrecadação que atingiu todos
os
municípios do país. Definir prioridades coletivas – Como acontece no
primeiro
ano de qualquer governo a demanda é sempre maior do que os recursos
disponíveis
e as prioridades devem ser dirigidas para as necessidades coletivas e
não aos
interesses pessoais ou de grupos, mesmo que aliados. A escolha entre
satisfazer
o interesse público e o privado define o grau de satisfação da população
e dos
aliados políticos.
Folha de pagamento – Outro grande desafio será manter o
equilíbrio da folha de pagamento e corresponder ao mesmo tempo com as
expectativas de empregos gerada na campanha. Gastar além da conta com pessoal reduz a capacidade da prefeitura investir e viabilizar
a geração de empregos na iniciativa privada. Falta de Planejamento – A falta de
planejamento é outro problema comum no primeiro ano de mandato dos prefeitos,
apesar da existência de documentos como o Plano Plurianual e a Lei Orçamentária,
geralmente inócuos, que servem de instrumentos para aparentar organização em
uma administração. O Planejamento é essencial para controlar os gastos e
reduzir os custos da máquina. Esses são os próximos desafios mais relevantes à
futura gestora do município de Apuarema.
Fonte:APUAREMA EMFOCO